Capturar

Os contratos derivativos e a gestão de riscos

Derivativos e gestão de risco são dois assuntos intimamente conectados. Embora contratos derivativos sejam comumente associados à especulação, sua origem está relacionada com a demanda de agentes econômicos por proteção contra variações nos preços de ativos, especialmente commodities.

Podemos dizer que os contratos derivativos surgiram como um mecanismo inteligente de gestão de riscos. Eles permitem o compartilhamento do risco entre os agentes econômicos, sem a necessidade de transferência de ativos e desembolsos monetários.

Contratos derivativos não são uma inovação. Há registros na Grécia antiga de negociação de mercadorias a termo. O que é novo é sua imensa difusão nos últimos 30 anos. Atualmente, o volume de contratos derivativos negociados no mundo é algumas vezes o PIB de diversos países. Não há grande empresa no mundo contemporâneo que não se utilize de derivativos para gestão de risco de seus ativos e passivos. Portanto, caro leitor, aproveite o presente texto. Se você quer ser um profissional de destaque na área financeira, deverá ter este livro na sua estante.

Texto escrito com base no livro Derivativos e risco de mercado.