Já reforçou seu sistema imunológico?

Já reforçou seu sistema imunológico?

No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde. A data foi criada em 1946 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para conscientizar a população a respeito dos vários aspectos que envolvem a saúde. Por muitas vezes as pessoas consideram-se saudáveis quando não possuem nenhuma doença aparente, porém, a falta de algum sintoma não significa estar saudável. Às vezes a doença se manifesta de dentro para fora  e analisar se a pessoa está saudável ou não requer avaliar um conjunto de fatores, pois nós vivemos em um mundo microbiano e nossos corpos estão constantemente sendo expostos a bactérias, fungos, parasitas e vírus.

”Nossas defesas corporais a estes invasores são semelhantes a uma defesa militar. Os mecanismos de defesa iniciais são barreiras, tais como a pele, o ácido e a bile do trato gastrointestinal e o muco, que inativam e impedem a entrada de agentes estranhos. Se essas barreiras estão comprometidas ou o agente agressor consegue entrar de outra maneira, a milícia local das respostas inatas deve rapidamente unir-se para enfrentar o desafio e impedir a expansão da invasão. Inicialmente, moléculas tóxicas (defensinas e outros peptídeos, complemento) são lançadas ao micróbio, então o micróbio é ingerido e destruído (neutrófilos e macrófagos) enquanto outras moléculas facilitam a ingestão do micróbio tornando-o aderente (complemento, lectinas e anticorpos). Uma vez ativadas, essas respostas enviam um alarme (complemento, citocinas e quimiocinas) para outras células e aumentam a permeabilidade vascular (complemento e citocinas) para proporcionar acesso ao local da infecção.

Finalmente, se essas etapas não são eficientes, as respostas inatas ativam uma grande campanha direcionada especificamente contra o invasor, por meio das respostas imunes antígeno-específicas (células B, anticorpos e células T), a qualquer custo (imunopatogênese). De modo semelhante, o conhecimento das características do invasor (antígenos), através da imunização, permite ao corpo montar uma resposta mais rápida e mais eficaz (ativação das células T e B de memória) em uma nova invasão. Os diferentes elementos do sistema imune interagem e se comunicam utilizando moléculas solúveis e por interação direta célula a célula. Essas interações proporcionam os mecanismos de ativação e controle das respostas protetoras. Infelizmente, as respostas protetoras a alguns agentes infecciosos são insuficientes; em outros casos, a resposta à invasão é excessiva. Em qualquer dos casos, a doença ocorre.” (Microbiologia Médica 7ED, Elsevier)

COMO MANTER-SE SAUDÁVEL

Algumas doenças têm origem genética ou aparecem subitamente sem explicação médica, podendo ser paliativas ou não. Para casos como infecções e outras doenças provenientes de agentes nocivos, fortalecer o sistema imunológico será um grande aliado, porque é ele o responsável por defender nosso corpo desses agentes, destruindo células patógenas. Destacamos aqui alguns pontos para esse fortalecimento:

  • Reduzir o estresse – O estresse é capaz de alterar os estados de ânimo e causar depressão ou ansiedade, que afetam diretamente no sistema imunológico.
  • Exercício físico – Os benefícios do exercício regular incidem diretamente sobre o sistema imunológico.
  • Alimentação – Certos nutrientes são específicos para aumentar a função do sistema imunológico, e os antioxidantes ajudam a eliminar as toxinas do corpo, como:  Vitamina C, Vitamina E, carotenoides, selênio e zinco, a fibra dos cereais integrais também ajuda o corpo a se desfazer das toxinas, através do fígado, entre outros. Não esqueça de beber bastante líquido também.

Mantendo diariamente esses hábitos simples, seu sistema imunológico estará muito mais forte e a probabilidade de contrair doenças será muito mais reduzida.