Empresas ganham selo ao incentivarem doação de sangue

Empresas ganham selo ao incentivarem doação de sangue

O Dia Mundial do Doador de Sangue será celebrado nesta terça-feira (14/06), e já está em vigor a lei aprovada pelo Congresso Nacional (Lei 13.289/2016) que garante o Selo de Empresa Solidária com a Vida às empresas que incentivarem seus funcionários à doação voluntária e regular, criando programas de esclarecimento e estímulo à doação de sangue e de medula óssea. A lei estabelecendo a honraria foi criada visando distinguir empresas que se preocupam e são solidárias com causas sociais envolvendo a vida, uma vez que no Brasil, ainda há uma demanda grande por doadores.

Para participar, as empresas precisam instruir os trabalhadores como proceder no cadastro oficial de doadores, informar e orientar sobre a importância da doação de sangue e de medula óssea. Os empregadores também precisam conceder aos trabalhadores oportunidade e condições para irem ao banco de sangue ou hemocentro.

Segundo o livro Competências Gerenciais, 5E, da editora Elsevier, doar sangue mesmo que uma atitude pequena, reforça os valores da empresa ”um evento de doação de sangue pode parecer pouco importante, mas na cultura de uma organização de saúde ou na Cruz Vermelha, essa atividade poderá ter muito mais importância como um ato simbólico em apoio aos valores da organização.”

No Brasil, atualmente, são coletados cerca de 3,6 milhões de bolsas ao ano, o que significa 1,8% da população doando sangue. Mesmo estando dentro dos parâmetros estipulados pela OMS – Organização Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde trabalha para aumentar esse índice. Uma das medidas adotadas, em 2012, foi a redução da idade mínima de 18 para 16 anos (com autorização do responsável).

QUER DOAR?VEJA OS CRITÉRIOS PARA DOAÇÃO

Podem doar pessoas com peso mínimo de 50 quilos que tenham entre 18 e 69 anos. Também são aceitas pessoas com idade entre 16 e 17 anos havendo o consentimento formal dos responsáveis legais. O candidato para à doação não deve estar cansado, ter ingerido bebido alcoólica nas 12 horas anteriores à doação e não pode estar de jejum. Além disso, é importante lembrar no dia da doação de ficar bem hidratado e continuar a hidratação em seguida, além de tomar o lanche oferecido no local da coleta após a doação. É obrigatório levar um documento oficial com foto.

Confira aqui a lista dos hemocentros do país.