e-book

Elsevier investe em livros digitais

Pensando na expansão do mercado e no crescente número de leitores que migram do formato impresso para o digital, a editora Elsevier está promovendo mudanças e incentivando a produção de e-books.  Apenas em abril deste ano, foram vendidos mais de seis mil exemplares, o que representa um aumento de mais de 736% em relação ao mesmo mês do ano passado, quando foram vendidos 900 títulos. O grande destaque é o livro Complacência, de Fabio Giambiagi e Alexandre Schwartsman, que liderou as vendas de abril.

Esses números refletem o investimento que a Elsevier está fazendo no digital, nos últimos anos. Em 2012, a produção de e-books da representava 0,54% e em 2014 esse essa proporção já aumentou bastante, passando a ser de 8,6%.  Parcerias importantes foram acertadas, com por exemplo, a inclusão recente de títulos na Apple e início de divulgações promocionais, o que estimulou as vendas e propiciaram um crescimento de 39% em relação ao mês anterior e 3579% em relação a fevereiro.